Páginas

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

O trabalho de Filipa César no Projeto Política da Arte 


O trabalho de Filipa César é dominado por elementos que remetem à gramática e ao vocabulário do cinema – a ficção e o documento, o índice e o símbolo, a edição e a montagem.
Os seus temas, por sua vez, derivam da vontade de atualizar e revisar formas de registro de um passado menos ou mais distante. É sobre os capítulos omissos da história do regime do Estado Novo português (1933-1974) que as suas obras mais recentes se debruçam, como a instalação apresentada na Galeria do Rego Monteiro no contexto do projeto Política da Arte.
Composta por dois filmes – Memograma e Insert –, a instalação toma como pretexto a história, não totalmente comprovada, de Castro Marim, cidade situada na fronteira com a Espanha, como local de degredo para os cidadãos punidos por atos de desvio, em particular pela prática de homossexualidade.
A investigação de Filipa César reage ao apagamento e à invisibilidade de alguns dos mecanismos de ostracismo e de censura no Portugal da época. 
Memograma, um plano fixo, contemplativo, monumental e realista de um monte de sal, acompanhado por testemunhos orais de pesquisadores, historiadores, jornalistas e outros sobre a história esquecida de Castro Marim, é complementado porInsert, uma construção ficcional de um encontro amoroso proibido que tem lugar na própria salina.
POLÍTICA DA ARTE
A exposição de Filipa César dá seguimento ao projeto Política da Arte, desenvolvido pela Coordenação de Artes Visuais da Diretoria de Cultura da Fundação Joaquim NabucoIniciado em 2009, o projeto compreende a realização de mostras e ações reflexivas, articulando dimensões distintas mas igualmente importantes das atividades da Fundação Joaquim Nabuco.
O projeto Política da Arte tem como pressuposto o caráter ambíguo que a arte possui desde que se viu liberta de sua função de meramente representar o mundo. Caráter que se expressa no poder que a arte possui de desconcertar os sentidos e reconfigurar, assim, os temas e as atitudes passíveis de serem inscritas nos espaços comuns de existência.
Ancora-se na idéia, portanto, de que mais do que dar visibilidade a imagens, textos e ideias criados em outras partes, a arte tece e afirma, de modo irredutível a outro campo qualquer do conhecimento, a sua própria política.
ARTISTA
Filipa César nasceu no Porto, Portugal, em 1975. Vive atualmente em Berlim. Tem exibido seus trabalhos em fotografia, vídeo e filme extensivamente desde o início da década de 2000, em diversos países.
Entre as exposições mais recentes de que participou destacam-se 
Wall to wall (parte I), Cristina Guerra Contemporary, Lisboa (2011), Manifesta 8, Cartagena (2010), 29ª Bienal de São Paulo (2010), No Place Like, Biennale Architectura, Veneza (2010), Architecture and Its Discontents, Kaleidoscope, Milão (2010), Fictional Geographies, Royal College of Art, Londres e Auto-Kino!, Temporäre Kunsthalle, Berlim.
Em 2010 foi vencedora da 6a Edição do Prêmio BES Photo, em Lisboa, com os trabalhos apresentados agora na Vicente do Rego Monteiro, os mesmos também expostos na 29ª Bienal de São Paulo. A exposição na Fundação Joaquim Nabuco é a primeira mostra individual de Filipa César na América do Sul.
SERVIÇO
FILIPA CÉSAR
MEMOGRAMA / INSERT
MEMOGRAMA
2010, vídeo HD, cor, som, 40min
INSERT
2010, 16mm transferido para HD, p/b, 10min
Galeria Vicente do Rego Monteiro
Abertura: 1º de setembro, das 19h às 22h
Visitação: 2 de setembro a 17 de outubro
Terça a domingo, das 15h às 20h
Rua Henrique Dias, 609, Derby. Recife-PE | 50.010-100
Agendamento para escolas e grupos: 81 30736714
Informações: 81 30736692 30736691 | www.fundaj.gov.br        

segunda-feira, 29 de agosto de 2011


Coquetel Molotov promove oficina de produção de cartazes



O artista plástico Derlon Almeida  ministrará uma oficina de produção de cartazes inspirados nos artistas que se apresentarão no Festival No ar Coquetel Molotov. A oficina ‘Filosofia Musical’, promovida pelo festival, em parceria com a Red Bull, é gratuita e acontecerá nos dias 8 e 9 de setembro. Derlon produz murais em espaços urbanos, atualizando a xilogravura popular do Nordeste.

Após a criação, os cartazes serão espalhados pelo Recife para que as pessoas possam conhecer o trabalho dos participantes da oficina.

O pré-requisito concorrer a uma das 20 vagas é ter experiência em desenho, grafitti ou ilustração. As inscrições devem ser realizadas no site do Festival No ar Coquetel Molotov até esta quarta (31)

domingo, 28 de agosto de 2011


Galeria de arte recebe projeto que mistura música e literatura nesta terça


O escritor pernambucano Wilson Freire é o convidado do projeto Sarau Plural desta terça-feira (30). O encontro promove leitura de versos, prosas e poemas, acompanhados por musicas e interpretações. O evento é promovido pela Arte Plural Galeria e acontece na última terça de cada mês.

Com o tema 'O elogio da mistura', o projeto também conta com a participação dos escritores e jornalistas Homero Fonseca e Marco Polo, à frente das leituras, além do músico Geraldo Maia, comandando a trilha sonora.

A programação inclui textos de nomes significativos da literatura brasileira, como Gilberto Freyre, Mário de Andrade, Darcy Ribeiro e Homero Fonseca. A noite ainda abre as portas para os poemas de Amadeu Kazunde, Arlindo Barbeitos, Fernanda Dias, Jorge Barbosa, dentre outros poetas de países de língua portuguesa.
Já a trilha sonora viaja pelas canções de grandes compositores da música popular brasileira como Chico Buarque, Bororó, Caetano Veloso, Braguinha, Ary Barroso, Antônio Nóbrega e o próprio Wilson Freire.
SERVIÇO
Projeto Sarau Plural
Com os escritores Wilson Freire, Homero Fonseca e Marco Polo

30 de agosto (terça-feira), às 19h.
Na Arte Plural Galeria - Rua da Moeda, nº 140, Bairro do Recife.
Gratuito – Os lugares são limitados
Informações: 3424.4431

sábado, 27 de agosto de 2011


‘Festival Liszt/Mendelssohn’ apresenta peça musical executada por seis pianistas



O Teatro da UFPE recebe neste sábado (27), apresentações de música erudita que compõem a programação do ‘Festival Liszt/Mendelssohn’. As homenagens prestaadas ao bicentenário dos compositores (foto) Franz Liszt (Hungria) e Felix Mendelssohn (Alemanha), seguem até esta terça (30). A peça ‘Herameron’, executa por seis pianos, será o grande destaque da noite.
A abertura do concerto ficará por conta da Orquestra Sinfônica Jovem do Conservatório Pernambucano de Música. O grupo é composto por 70 instrumentistas, com idades entre 14 e 28 anos. A orquestra executará a peça ‘Sonho de uma Noite de Verão, Op. 21’, de Felix Mendelssohn, sob a regência de Sérgio Nilsen Barza.
A complexa peça musical ‘Hexameron’, executada apenas três vezes no Brasil e composta por seis variações, uma para cada pianista, encerra a noite. Os pianistas Gilberto Tinetti, Maria Clara Fernandes, Fernando Müller, José Henrique Martins, Yuri Pingo e Elyanna Caldas participam da execução.
SERVIÇO‘Festival Liszt/Mendelssohn’ – Com apresentações da Orquestra Cidadã e dos pianistas Gilberto Tinetti, Maria Clara Fernandes, Fernando Müller, José Henrique Martins, Yuri Pingo e Elyanna Caldas, que participam da execução da peça ‘Hexameron’.
27 de agosto, a partir das 18h.
Teatro da UFPE – Campus da UFPE
Gratuito

quinta-feira, 25 de agosto de 2011


Programação audiovisual na Fundação Joaquim Nabuco para o XXVIII Congresso da Associação Latino-americana de Sociologia (ALAS),  com o tema Fronteiras abertas da América Latina

Proposta:
- Exibição em DVD da mostra Os Latino-Americanos, produzido pela Televisión América Latina (TAL) na Fundação Joaquim Nabuco (Derby), na sala João Cardoso Ayres (às 19h nos dias úteis entre 22 de agosto a 2 de setembro). Entrada franca, sujeita à lotação da sala (JCA, 50 lugares)

Sobre a mostra:
- Em consonância com o projeto de elevar o pensamento crítico pelos grupos de trabalhos do 28º Congresso da ALAS, a Fundação Joaquim Nabuco oferece as exibições gratuitas da mostra Os Latino-Americanos.

Os 10 documentários que compõem a mostra são resultados de um desafio lançado pela Televisão América Latina (TAL) para realizadores da Argentina, Bolívia, Colômbia, Cuba, Equador, México, Paraguai, Perú, Uruguai e Venezuela.

A TAL é uma rede de intercâmbio e divulgação da produção audiovisual dos 20 países da América Latina, hoje presidida pelo cineasta Orlando Senna. A instituição, que é também uma web-tv e produtora de vídeo, não tem fins lucrativos e é ligada a centenas de associados. São canais públicos de TV, instituições culturais e educativas e produtores independentes que compartilham seus documentários, séries e curtas-metragens. A TAL hoje acumula um acervo de sete mil programas com a idéia de aproximar os povos latino-americanos. 
Os cineastas locais convidados para compor o projeto Os Latino-Americanos teriam de “definir o latino-americano além da retórica simplificadora dos manuais e formular os termos de identidade  para um continente”, diz Alberto Ramos no catálogo da mostra. Um dos aspectos a observar é que, nesse espelho audiovisual coletivo, tornaram-se mais claras as desigualdades socioeconômicas que marcam as relações no continente.
Segundo o jornalista Cássio Starling Carlos, os realizadores conseguiram com que, mesmo mantendo aspectos de especificadades locais como prática religiosa, misutras étnicas, efeitos de migração de políticas econômicas e de injustiças sociais, os filmes focassem a perspectiva do sujeito, do indivíduo, sem nunca dissolvê-lo sob instâncias generalizantes, fugindo do folclore ou dos estereótipos.

Programação :

26 agosto (sexta-feira) – 19h (sala João Cardoso Ayres)
Os  venezuelanos
Anabel Rodríguez Ríos e Andrea Herrera Catalá
56’ / Venezuela / 2008

29 agosto (segunda-feira) – 19h (sala João Cardoso Ayres)
Os equatorianos
Juan Martín Cueva
54’ - Ecuador – 2008

30 agosto (terça-feira) – 19h (sala João Cardoso Ayres)
Os paraguaios
Marcelo Martinessi
54’ - Paraguay - 2006 

31 agosto (quarta-feira) – 19h (sala João Cardoso Ayres)
Os cubanos
Arturo Sotto
55’ - Cuba - 2008 

1º setembro (quinta-feira) – 19h (sala João Cardoso Ayres)
Os bolivianos
Verónica Cordóvas
53’ – Bolívia/Brasil – 2008

2 setembro (sexta-feira) – 19h (sala João Cardoso Ayres)
Os argentinos
Luis Esnal
54’ - Argentina - 2006

quarta-feira, 24 de agosto de 2011


Mostra com obras inéditas de artistas plásticos do Estado começa nesta quarta




Obras inéditas de vários nomes de destaque das artes plásticas de Pernambuco estão reunidas em uma exposição que abre para visitação do público nesta quarta-feira (24) na Arte Plural Galeria, no Bairro do Recife. Intitulada “Octa”, a mostra coletiva é composta de pinturas, gravuras e desenhos com propostas e estéticas diversas, mas que acabam por dialogar entre si.

Entre os estilos que serão possíveis conferir na exposição, estão o abstrato de Luciano Pinheiro , Márcio Almeida e Pragana , o figurativo de Dantas Suassuna, Álvaro Caldas e Roberto Ploeg e o realismo mágico de Jeims Duarte e Edson Menezes. Na mostra, cada artista vai apresentar três obras de tema livre, escolhidas dentre suas últimas criações, totalizando 24 peças expostas.

O público pode visitar a exposição até o dia 30 de setembro nos seguintes horários: de terça a sexta, das 13h às 19h; e aos sábados e domingos, das 16h às 20h. A Arte Plural Galeria fica na rua da Moeda, 140. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3424-4431.

SERVIÇO
Exposição “Octa”, com obras inéditas dos artistas Álvaro Caldas, Dantas Suassuna, Edson Menezes (Popó), Luciano Pinheiro, Jeims Duarte, Márcio Almeida, Roberto Ploeg e Pragana
Visitação: de 24 de agosto a 30 de setembro - terça a sexta, das 13h às 19h; sábados e domingos, das 16h às 20h;
Arte Plural Galeria – Rua da Moeda, 140, Bairro do Recife
Mais informações: 3424-4431

segunda-feira, 22 de agosto de 2011


Lançamento do projeto Acessibilidade Mamam acontece nesta terça-feira


Realizar a audiodescrição de 100 obras do acervo do Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães (Mamam). Este é um dos objetivos do projeto Acessibilidade Mamam, cujo lançamento acontece nesta terça-feira (23), às 19h, no auditório do próprio museu, que fica no bairro da Boa Vista, no Recife.

A programação do evento inclui uma breve apresentação do projeto por seus representantes, a exposição de uma das obras audiodescritas com monitoramento e a explicação demonstrativa sobre o processo de trabalho dos audiodescritores no acervo e projeções audiovisuais cujos temas são afins ao da acessibilidade.

As atividades do projeto Acessibilidade ao Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães (Mamam) – Audiodescrição e Interpretação em Libras para a Inclusão de Pessoas com Deficiência Visual e Auditiva ao Acervo do Museu têm o intuito de promover o acesso de pessoas com deficiência visual e auditiva ao museu. Entre elas, está prevista, pro exemplo, a produção de um DVD de iniciação à História da Arte para a habilitação à leitura de imagens — obras de arte visual e plástica — com interpretação em Libras e narrado por audiodescrição.

A conclusão do projeto está prevista para abril de 2012, quando o acervo acessível e o vídeo estarão disponíveis no site do Museu e as visitas monitoradas ao acervo poderão ser agendadas. O Mamam está localizado na rua da Aurora, 265

Exposições e festival de Literatura marcam o Dia do Folclore no Recife


O Dia do Folclore, criado em 1965, é comemorado no dia 22 de agosto em todo o país, com o objetivo de valorizar e preservar as histórias e personagens do folclore nacional. Para lembrar a data, a Biblioteca Popular de Afogados, instala, nesta segunda-feira (22), um painel temático intitulado Manifestações Folclóricas. A mostra ficará em cartaz no hall da biblioteca até o final do mês.

As atividades culturais continuam na terça-feira (23), das 14h às 17h, com a programação do 9º Festival Recifense de Literatura, promovido pelas bibliotecas públicas do Recife. O evento tem como tema - “As escolas do Recife em: uma tarde infantil na biblioteca”, reunindo estudantes de escolas conveniadas do ensino fundamental I e crianças da comunidade local.

Estão agendadas ações literárias e culturais destinadas ao público infantil: cineminha, contação de histórias, Pegue & Leve e socialização de produções literárias dos estudantes.

Neste mesmo horário (das 14h às 17h), no Museu Murilo La Greca, acontece a Exposição Bibliográfica e Interação Educativa, em parceria com o Museu Murillo La Greca, comemorando os 80 anos do Sítio do Pica-pau Amarelo.

Na agenda, tem Mesa Redonda com a participação da autora Adriana Veiga, da professora de Literatura Infantil da Fafire, Nelma Azevedo, e da gerente operacional de Artes Visuais, Renata Galvão. Também está previsto o Coquetel Literário - exibição das ações dos equipamentos culturais e performance.

SERVIÇO:
Museu Murilo La Greca
Rua Leonardo Bezerra Cavalcanti, 366, Parnamirim | 3268-8011

Biblioteca Popular de Afogados
Rua Jacira, s/n, Afogados | 33553122 e 33553123

quinta-feira, 18 de agosto de 2011


Exposição 'Figura, Paisagem e Natureza-Morta' pode ser visitada até 31 de agosto


Para quem gosta de arte, uma opção de diversão é a exposição “Figura, Paisagem e Natureza-Morta”, que entra em cartaz na Galeria de Artes do Sesc Casa Amarela a partir desta sexta-feira (19). A mostra — que é um trabalho conjunto dos artistas Gil Vicente, Manoel Veiga e Renato Valle — tem entrada gratuita e pode ser visitada até o dia 31 de agosto.

A exposição é composta de trabalhos (fotos) que demonstram articulações plásticas e conceituais, em que operações pictóricas se juntam a processos típicos da produção e da tecnologia fotográfica.

A galeria fica aberta de segunda a sexta-feira, das 9h às 19h. O Sesc Casa Amarela fica na avenida Professor José dos Anjos, 1190, Mangabeira, no Recife. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3267-4400.

SERVIÇO
Exposição “Figura, Paisagem e Natureza-Morta”
Até 31 de agosto, de segunda a sexta-feira, das 9h às 19h
Galeria de Artes do Sesc Casa Amarela - Avenida Professor José dos Anjos, 1190, Mangabeira, Recife
Mais informações: 3267-4400

MAC inaugura exposições e comemora 27 anos de atividades

O Museu de Arte Contemporânea de Pernambuco (MAC-PE), com apoio da Fundarpe, cumpre importante percurso de consistencia cultural de 25 de agosto a 16 de outubro, abrindo seus salões para inaugurar de uma só vez três exposições em comemoração aos seus 27 anos de existência, resistência, e obstinação em fazer e promover a arte e a cultura como referência que é nestas áreas para Pernambuco, para o Nordeste, e para o País.
A primeira exposição chama-se Altri Confini – Outros Confins. Trata-se de uma coletiva com seis artistas italianos da Associazione Culturale “Terre Incognite”, cuja Presidência é da Pintora Mariannita Zanzucchi, e coordenadoria daJornalista Marinita Neves. – Todos estarão presentes à vernissagem. São eles: Franco Crooco; Luigi Marrazzi; Cláudia Passaglia; Laura Piccininni; Paola Santangeli, e Marianita Zangucchi. Estarão à mostra no Grande Salão do andar térreo.
“A vinda destes artistas para nós significa um gesto de encantamento, e as paisagens de todas as cores da Itália, berço das belas artes, e do extremo da beleza universal, para receber de nós o sol que os alumiará com a nossa brasilidade, os permitindo intercambiar tudo de mais alvissareiros entre nós povos de boa vontade”, diz Célia Labanca, gestora do MAC. Segundo ela, a presença dos artistas no evento também celebra o ano Itália- Brasil, que se comemora este ano na Itália e em todo nosso país.
A segunda coletiva em exposição no MAC é Luzes da Ribalta. A coletiva dá continuidade ao Projeto “MAC de Fotografia”, que vem lançando anualmente no mercado fotógrafos amadores. O tema escolhido por eles para este ano homenageia Charles Chaplin a partir do seguinte pensamento: “Hoje faço o que acho certo, o que gosto, quando quero e no meu próprio rítimo. Hoje sei que isso é...” . “Eles resolveram com a 'simplicidade' própria da sensibilidade do artista, embora com extrema sofisticação. Trazem mensagens poéticas ou realistas sobre a ribalta que ilumina a vida cotidiana”, diz a gestora.
A terceira exposição, “O outro lado do outro. Sou eu”, é uma retrospectiva do Pintor José Alves de Moura – J. De Moura, na Sala de Convidados Especiais na sede do Museu. - Um participante ativo nos meios das artes pláticas. Sobre ele e o seu trabalho, disse Ariano Suassuna: “José de Moura faz submergir tudo ou quase tudo num ambiente de Circo ou mascarada que, acentuado pelo claro-escuro e pelas cores de contrastes violentos, faz surgir diante de nós uma versão triste e grotesca, mas forte, da desfilada humana em direção à Morte.”
Mais informações
Museu de Arte Contemporânea de Pernambuco
Rua 13 de Maio, 157, Varadouro, Olinda
(81) 3184.3153

quarta-feira, 17 de agosto de 2011


Museu exibe mostra com jóias e desenhos criados por Burle Marx

O Museu do Estado de Pernambuco recebe a partir do dia 24 de agosto uma exposição composta por desenhos e jóias de Roberto Burle Marx (foto). O artista começou a desenhar as peças em 1948, não restringindo seu talento apenas ao paisagismo. A mostra é promovida pela loja de jóias H.Stern e segue até o dia 4 de setembro.

Roberto Burle Marx, que desenhou jóias durante quase 20 anos, utilizando giz colorido sobre cartão preto, também foi artista plástico, cantor e chef de cozinha. No verso de cada criação, o artista registrou a data e numeração das peças, que foram executadas por seu irmão, Haroldo Burle Marx.

Festival inscreve para as oficinas de animação

Os interessados em participar das oficinas oferecidas pelo Festival Internacional de Animação - Animage - poderão se inscrever a partir desta segunda


A partir desta segunda-feira (22), estarão abertas as inscrições para as oficinas da terceira edição do Festival Internacional de Animação (Animage). Os interessados poderão se inscrever gratuitamente no site do evento, www.animagefestival.com nas oficinas games, motion graphics e modelagem 3D.

Os encontros serão entre os dias 26 e 30 de setembro, na faculdade Aeso, em  Olinda. Os candidatos devem atender aos pré-requisitos das oficinas que terão carga horária de 20 horas e turmas compostas por 15 alunos.

As oficinas antecedem a programação de filmes do Animage, que realiza sua mostra competitiva de 30 de setembro a 7 de outubro. No evento ainda haverá uma mostra não competitiva, sessões especiais e seminários. Toda programação é gratuita.

A Fundação Joaquim Nabuco e a Secretaria Executiva da Juventude e Esportes do Cabo de Santo Agostinho promovem, de18 a 20 de agosto, o Circuito Massangana de Esporte e Cultura, com visitas e atividades no Engenho Massangana. Os participantes, em sua maioria, estão engajados nos programas PELC (Programa Esporte e Lazer na Cidade) e Esporte e Vida, trabalhados pela prefeitura do Cabo.
Na quinta (18) e na sexta (19), nos turnos da manhã e da tarde, as crianças e jovens dos projetos terão visita mediada à exposição do Engenho, oficina de jogos e atividades populares ao ar livre (como dança, caratê, capoeira, bordado e xadrez) e a oficina lúdico-pedagógica Árvore de Mãos, onde colocarão em prática, de forma artística, os estudos feitos anteriormente sobre essas atividades.
No sábado (20) o Engenho será aberto ao público em geral, mas apenas no horário das 13h às 16h, com direito a participar da oficina de jogos e atividades populares além de visitar a exposição.
Traga sua família e desfrute de um sábado muito divertido! As inscrições podem ser feitas até a próxima quinta-feira (18) através do telefone 3521.6747, com o coordenador Caio Bruno (PMC).
O Engenho Massangana fica na PE-60, no Km 10. Mais informações no telefone 3073.6671 ou no e-mailengenho.massangana@fundaj.gov.br

Curso de Cinematografia Eletrônica Avançada com Carlos Ebert

Curso de Cinematografia Eletrônica Avançada com Carlos Ebert
Já está disponível, no link abaixo, o cronograma dos cursos do Canne 2011


O primeiro curso é o de Cinematografia Eletrônica Avançada, que terá como professor o Diretor de Fotografia Carlos Ebert.

A inscrição, que se encerra no dia 17 de agosto, pode ser feita por email através do envio da ficha de inscrição 
para o email do Canne (canne@fundaj.gov.br). Ou pessoalmente na secretaria do Canne, na Fundaj/Derby.
:: Baixe aqui a Ficha de Inscrição


O curso CINEMATOGRAFIA ELETRÔNICA AVANÇADA, que acontece de 22 a 26 de agosto na Fundaj/Derby, tem como proposta apresentar, ampliar e aprofundar conhecimentos artísticos relacionados à captação de imagens em movimento em suporte eletrônico digital.

Com mais 40 anos de experiência no cinema nacional, Carlos Ebert, que ministrará o curso, é responsável pela fotografia de filmes consagrados, como “O Bandido da Luz Vermelha”, “O Rei da Vela” e “Do Luto à Luta”.


Seu currículo conta com dezenas de trabalhos premiados e parcerias bem-sucedidas com diretores como Walter Lima Jr, Rogério Sganzerla, João Batista de Andrade, Ugo Giorgetti e Jorge Furtado.

Também realiza curtas- metragens e comerciais.  Desde os anos 70 ministra aulas, cursos e palestras sobre cinema, além de produzir textos publicados no Brasil e no exterior sobre a sétima arte.

Informações  pelo telefone 3073-6718.

terça-feira, 16 de agosto de 2011


Exposição de Alice Vinagre propõe imersão na pintura


Arte contemporânea para mexer com a imaginação é a proposta da artista plástica paraibana Alice Vinagre, paraibana que escolheu Pernambuco para viver. A exposição “Anotações sobre pintura” entra em cartaz na galeria Marcantonio Vilaça, no Recife, a partir da quarta-feira (17).

Noventa obras se integram formando um grande painel. Os traços e as tintas ganham vida – são desenhos em cima de tecidos e de papel-cartão, resultado de um intenso trabalho de pesquisa. “Eu privilegiei o azul. A cor azul provoca ao visitante a oportunidade de estar imerso”, explica a artista.

Com mais de trinta anos de carreira e mostras no Brasil e no exterior, Alice iniciou esta exposição em 2008. O evento faz parte do projeto Arte Contemporânea de Pernambuco, assinado por Fernando Cocchiarale, um dos maiores críticos de arte do país. Ele explica que a intenção do projeto é valorizar os artistas locais. “Pernambuco tem uma produção contemporânea de visibilidade nacional e internacional”, afirma o curador.

Serviço:
Santander Cultural
Av. Rio Branco, 23, Bairro do Recife
De terça a domingo, das 13h às 20h
Até 25 de setembro
Entrada gratuita

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

No Ar 2011 abre inscrições para prévias no Pátio Sonoro

O Pátio de São Pedro, administrado pela Prefeitura do Recife, mais uma vez será palco das prévias do festival No Ar Coquetel Molotov. Para este ano, a parceria permanece e com uma novidade: a realização de um edital para selecionar novas bandas pernambucanas que irão se apresentar no Pátio Sonoro.
As inscrições serão feitas através da Internet, sem necessidade de envio de material físico, entre os dias 12 e 21 de agosto. A produção do festival oferece rider e backline de som, além de cachê de R$ 800,00 para cada um dos selecionados.
O regulamento e o formulário de inscrição estão disponíveis aqui.
Os inscritos vão ser avaliados por uma curadoria composta por produtores de shows e jornalistas de diversas partes do país. Ao todo serão quatro bandas locais que terão a chance de participar das prévias do No Ar 2011 que acontecem nos dias 16, 23 e 30 de setembro e 07 de outubro.
Programação - O festival No Ar Coquetel Molotov chega a sua oitava edição no Recife, tendo sido selecionado pelo Edital de Festivais do Programa Petrobras Cultural 2010/2011. Sua programação reune shows, workshops, seminários e mostra de filmes. As primeiras atrações confirmadas para o festival, que acontece nos dias 14 e 15 de outubro no Centro de Convenções da UFPE, são Guillemots (Inglaterra), HEALTH (EUA) e Romulo Fróes.

Festival No Ar Coquetel Molotov 
Edital - Coquetel Molotov no Pátio Sonoro
Inscrições: De 12 a 21 de agosto de 2011Patrocínio: PetrobrasApoio cultural: Governo de Pernambuco, Prefeitura do Recife, Sistema de Incentivo à Cultura, Trident, CulturesFrance, Faculdade Barros Melo - AESO, Literato, Mingus, Globo Nordeste, TVU e Rádio Universitária FM


Festival de Cinema de Triunfo exibe quase 50 filmes até o próximo sábado




Entre longas e curtas-metragens, 48 produções de vários estados do Brasil serão exibidas na quarta edição do Festival de Cinema de Triunfo, que começa nesta segunda-feira (15). A mostra acontece nesse município do Sertão pernambucano até o próximo sábado (20) e distribuirá, ao todo, R$ 47 mil em premiações. O homenageado deste ano é o produtor cultural Germano Coelho Filho, que morreu em novembro de 2010.

As sessões acontecem no Cine Teatro Guarany, que fica no Centro de Triunfo e é um dos cinemas mais antigos do Estado, inaugurado em 1922. A programação deste ano do festival conta com filmes de Pernambuco e de outros estados, como São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Mato Grosso, Paraná e Ceará.

Na competição de curtas, o destaque é o documentário “As aventuras de Paulo Bruscky”, do diretor pernambucano Gabirel Mascaro. O filme se utiliza do suporte oferecido pela rede social “Second Life”, para expor a arte e traçar um perfil de Bruscky.

Já entre os longas, o documentário "Vigias", do também pernambucano Marcelo Lordelo, merece atenção especial. O filme, que encerrou a 43º edição do Festival de Brasília de Cinema Brasileiro, retrata a profissão de vigilantes noturnos que trabalham em condomínios do Recife. Alguns elementos da violência urbana são apresentados por uma ótica pouco observada.

PROGRAMAÇÃO FESTIVAL DE CINEMA DE TRIUNFO PROGRAMAÇÃO | Clique no ícone ao lado e confira a programação completa do festival

Uma das características principais do Festival de Cinema de Triunfo é a integração de cineclubistas, realizadores e militantes da cultura de vários estados brasileiros, com a promoção de debates e formação. Durante a edição deste ano, a mostra abrigará o 2º Seminário “Desenvolvimento Sustentável do Audiovisual no Nordeste”.

sexta-feira, 12 de agosto de 2011



SEMINÁRIO GÊNERO, MÍDIA E VIOLÊNCIA
Data: 19 de agosto de 2011
Local: Universidade Católica de Pernambuco
            (Espaço Executivo,bloco G4)
A UBM - União Brasileira de Mulheres realiza em 17 cidades brasileiras, em convênio com a Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República, projeto que busca contribuir para o enfrentamento da violência contra a mulher e o combate a todas as formas de discriminação às mulheres nos meios de comunicação.
Parte desse projeto, a UBM em Pernambuco irá promover, em parceria com o Instituto Humanitas – Unicap e Secretaria da Mulher do Estado de Pernambuco, o SEMINÁRIO “GÊNERO, MÍDIA E VIOLÊNCIA”, que tem como público alvo militantes feministas, jornalistas e estudantes do curso de comunicação. Deste evento pretende-se extrair diretrizes para orientar os profissionais da imprensa pernambucana e os agentes que atuam na rede de proteção às mulheres no enfrentamento da violência doméstica no Estado.
Programação:
8h30 – Credenciamento
9h30 – Abertura: Apresentação do Projeto “O Protagonismo das Mulheres e a Democratização da Mídia”.
9h45 – tema I: Gênero e Violência
a) Relações de gênero e violência: reproduzir ou reconhecer e resistir.
b) A Lei Maria da Penha, seu significado e efetividade.
10h30 – Palavra aberta
12h00 – Almoço
14h00 – tema 2: Gênero e Mídia
c) A mídia como propagadora de valores e reprodutora do status quo.
d) A notícia da violência contra a mulher
e) Formas de violência simbólica e as mulheres como protagonistas do controle social sobre a mídia
15h00 – Palavra aberta
16h00 – Lançamento da campanha contra a veiculação de conteúdos discriminatórios na mídia e formação dos GT’s permanentes:
01. Observação da mídia;
02. Mobilização Social pela efetividade da Lei 11.340/2006 e implementação do Pacto II.
17h00 – Encerramento
Palestrantes convidadas:
Secretária Estadual da Mulher Cristina Maria Buarque
Delegada do Departamento de Polícia da Mulher, Lenise Valentim
Coordenadora Nacional do Projeto Doris Margareth de Jesus (UBM)
Pesquisadora Patrícia Bandeira de Melo (Fundaj)
Professora de Jornalismo Ana Veloso (UNICAP)
Pesquisadora Sandra Raquew Azevêdo (UFCG)
INSCRIÇÕES GRATUITAS
Informações e pré-inscrição: (81) 3221-5519/ 9954-1051
DADOS PARA SEREM ENVIADOS POR EMAIL:
NOME COMPLETO ____________________________________________
E-mail ______________________Fone fixo______________________ Celular______________________
Endereço____________________________________________
Profissão______________________Curso______________________